Fortalecimento e Postura

A Reeducação Postural Global (RPG) é um método fisioterapêutico manual que pode ser aplicado em diversas patologias que requerem o auxílio da fisioterapia, baseando-se em três princípios fundamentais tais como:

Individualidade: considera que cada ser humano é único e reage de formas diferentes;

Casualidade: baseada em causa X consequência, significa que o sintoma pode estar distante da real causa do problema;

Globalidade: busca tratar o corpo como um todo.

Na gravidez, segundo a Sociedade Brasileira de RPG, essa técnica pode ser facilmente aplicada nas futuras mamães desde que seja adaptada para suas condições e quando há necessidade de tratamento. Entretanto, é geralmente indicada, pois é sabido que no período de gestação, a pressão e peso do feto acabam por ocasionar alterações no corpo da mulher.

Com o avanço dos meses, algumas modificações alteram o centro de gravidade da gestante, fazendo com que o tronco desloque-se para frente, dando uma postura corcunda e são essas alterações na postura que acarretam em dores na coluna geralmente sintomatizadas por pontadas gradualmente agravadas por movimentos rotineiros que fazem flexionar o tronco. A frequência da dor com o avanço da gestação acaba atingindo principalmente a coluna lombar, a articulação sacroilíaca (região lombar e nádegas) e a região cervico-torácica.

Portanto, durante esse período a manutenção do tônus muscular, adequação da postura, da flexibilidade e fortalecimento dos músculos pélvicos, bem como trabalhos de relaxamento, são fundamentais para que se tenha um trabalho de parto tranquilo e com o mínimo de dor.

Portanto, durante esse período a manutenção do tônus muscular, adequação da postura, da flexibilidade e fortalecimento dos músculos pélvicos, bem como trabalhos de relaxamento, são fundamentais para que se tenha um trabalho de parto tranquilo e com o mínimo de dor.

A adequação postural por meio da RPG visa orientar e corrigir as posturas adequadas para o dia a dia a fim de tornar a coluna mais flexível e assim, proporcionar uma gestação mais saudável. Além desses benefícios, também faz com que se fortaleçam os músculos da região pélvica e orienta na abertura do períneo para preparar a futura mamãe para o trabalho de parto.

No entanto, é importante lembrar que tal tratamento deve ser feito somente sob autorização de seu obstetra a partir do terceiro mês de gestação. A mulher que realiza o acompanhamento médico necessário nessa fase e pratica exercícios físicos adaptados com frequência, garante a si mesma sensação de bem-estar estando livre de riscos de estresse e depressão.

Solicite uma ligação de nosso Atendimento
(inclusive aos fins de semana)